Caridade ®

10/09/2009 at 12:30 PM 15 comentários

Que um dia

minha boca

m e n d i g a

receba uma

e s m o l a

da tua

(entre vogais, a língua respira)

Entry filed under: Perplexidades. Tags: .

Contra azia e má digestão ® Botecagem

15 Comentários Add your own

  • 1. Marininha  |  10/09/2009 às 1:12 PM

    Mar… tua respiração inspirada e beijoqueira é linda!

    Responder
  • 2. Rafael Dreweck  |  10/09/2009 às 2:04 PM

    E então… ele vai?

    Responder
  • 3. Andréa  |  10/09/2009 às 2:07 PM

    Amei!
    Vou roubar da mendiga!

    Responder
  • 4. marjoriebier  |  10/09/2009 às 2:09 PM

    Tu pode, Andréa!

    rsrsrs…

    Responder
  • 5. Marcelo Cruz  |  10/09/2009 às 3:40 PM

    Um passeio pelo céu da boca?

    Te beijo.

    Responder
  • 6. Enrico  |  10/09/2009 às 4:09 PM

    Mas é namoro ou amizade???

    E segue o bailinho!

    (risos)

    Responder
  • 7. Aline  |  10/09/2009 às 4:32 PM

    Oi, Marjorie.

    Marina me falou do teu blog. Conheci, antes, a amizade de vocês. Que bonito esse laço entre bagagens, fotografias e cartões postais.

    Muito bom o teu cantinho. Textos deliciosos.

    Responder
  • 8. Régis Antônio Coimbra  |  10/09/2009 às 4:40 PM

    Pérola
    RégisAC

    O solitário dente no sorriso
    do mendigo é uma pérola
    aos porcos capitalistas

    Responder
  • 9. Mariana Cadore  |  10/09/2009 às 5:33 PM

    Que lindoooo!!!Adorei

    Responder
  • 10. Talita Prates  |  10/09/2009 às 5:34 PM

    Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh, A-M-E-I!
    Tem a ver com meu último post, não acha?! rs

    Bjo grande, marjorie!
    Boa sorte com as esmolas!
    (na verdade, te desejo um tesouro inteiro!🙂

    Responder
  • 11. marjoriebier  |  10/09/2009 às 5:40 PM

    Mari, Aline, Talita… que coisa bem boa vcs aqui!!!

    (sim, Talita… eu achei o mesmo qdo pulei no teu blog hj).

    Besos

    Responder
  • 12. Dauri Batisti  |  10/09/2009 às 8:42 PM

    Cheguei aqui. Bem, estou olhando seu céu. Gosto dos blogs com fundos claros: ja me simpatizei. Vou lendo o que escreves e percebo o bom humor e a rebeldia – santa – nos teus escritos. Os poemas, secos de palavras, mas úmidos de poesia: legal.

    Vou olhar mais…

    Um beijo.

    Responder
  • 13. marjoriebier  |  10/09/2009 às 8:55 PM

    “A língua girava no céu da boca. Girava! Eram duas bocas, no céu único.”

    Drummond pra vc, Dauri.

    Obrigada pela visita. Minhas estrelas estão em céu aberto para você.

    Bj

    Responder
  • 14. Rafaela  |  10/09/2009 às 9:44 PM

    yo estoy aquí, flora!🙂

    o pós-poema tão poético quanto o próprio! lindo!
    besosbesos

    Responder
  • 15. Ricardo Valente  |  12/09/2009 às 1:51 PM

    iêta…

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: