Da subserviência de quem ama?

10/12/2010 at 12:32 PM 8 comentários

A experiência amorosa exige sacrifício. Não se ama para ser recompensado. O amor é sua própria recompensa. Não resisto em citar Drummond falando da poesia coisa parecida: ‘Poesia, o perfume que exalas é tua justificação’. Não há amor fácil, mas todo amor é maravilha, saúde, ‘remédio contra a loucura’, coisa que Guimarães Rosa ensinou. É a experiência humana mais exigente; não é contrato, troca de favores, investimento, é entrega e compromisso. Do ‘sacrifício’ de amar nasce a mais perfeita alegria. Ninguém faz cara feia quando se sacrifica por amor. Não se trata de anulação, subserviência de quem ama, trata-se da morte do ego, tarefa a ser feita até o último suspiro.

Adélia Prado

Anúncios

Entry filed under: Gente é pra brilhar!.

Leituras na Casa do Caio Você me pediu um cigarro

8 Comentários Add your own

  • 1. Talita  |  10/12/2010 às 12:43 PM

    palavra da salvação…

    adélia e seu jeito de fazer evangelho…

    adorei, amora.

    o bjo,

    tá.

    Responder
    • 2. Marjorie Bier  |  10/12/2010 às 12:46 PM

      Eu sou doida por Adélia Prado e toda a sua bagagem.

      Beijo, lindeza!

      Responder
  • 3. Andréa Beheregaray  |  10/12/2010 às 2:42 PM

    Sensacional,

    lindo.

    Responder
    • 4. Marjorie Bier  |  12/12/2010 às 3:23 AM

      Adélia é mesmo uma delícia.

      Beijo, queridona.

      Responder
  • 5. Eduardo Trindade  |  10/12/2010 às 10:25 PM

    Só quem ama pode ter ouvido/ capaz de ouvir e de entender estrelas. Magnífico. E digo mais nada.
    Abraços!

    Responder
    • 6. Marjorie Bier  |  12/12/2010 às 3:23 AM

      Esse poema é tão lindo… eu adoro! Obrigada por trazê-lo até aqui.

      Beijinhos

      Responder
  • 7. ℓυηα  |  10/12/2010 às 11:28 PM

    É complicadíssimo encontrar esse ponto de equilíbrio e lucidez, principalmente quando por experiências anteriores frustradas, as pessoas chegam a nós carregando expectativas que de tão imensas são cruéis.

    Ok, ok, eu sei que ninguém disse que seria fácil.

    Um beijo, Mar.

    ℓυηα

    Responder
    • 8. Marjorie Bier  |  12/12/2010 às 3:24 AM

      =)

      Um dia a gente chega lá, acredite.

      Meu beijo.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: