Você continua não ligando?! ®

27/08/2010 at 12:27 PM 4 comentários

Amigos, abaixo segue carta enviada pelo parceiro de lutas pela preservação do patrimônio histórico e cultural da região onde moro. Ele, com outras pessoas igualmente engajadas, vem percorrendo os 7 Povos das Missões e tem acompanhado de perto o descaso das autoridades competentes quando o assunto é a memória de seu povo. Não acredito, e isso é fato, que ainda existam tantas pessoas acomodadas e alheias a essa situação.

Todos sabem que o Caminho das Missões tem um enfoque histórico muito forte. Sabemos, também, que nossa história é “escrita” ou relembrada através do patrimônio material e imaterial. Cada vez que uma lenda se perde, cada vez que um prédio cai, morre um pouco de nós também.

No site do Caminho das Missões colocamos um texto falando de um prédio antigo de São Luiz Gonzaga que está por ser destruído. Não é um caso isolado, mas esse ganhou destaque na imprensa estadual. Então resolvemos, aqui no Caminho das Missões, fazer um movimento para conscientizar as autoridades sobre a preservação desse patrimônio.

No texto estão os e-mails do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), IPHAE-RS (Instituto do Patrimônio Artístico Estadual do RS), do prefeito, vice e Secretaria de Turismo e Planejamento de São Luiz Gonzaga.

Pedimos, então, que os amigos enviem e-mails solicitando que o caso seja revisto e que seja iniciado um processo de restauração do prédio.

Talvez, com o apoio de vocês, consigamos criar um novo momento de valorização e resgate da nossa história mais recente nas Missões.

Atenciosamente

Claudio Reinke

Entry filed under: Carpintaria.... Tags: .

Meu Céu é de Cebion ® Velha História

4 Comentários Add your own

  • 1. Eunísia  |  27/08/2010 às 4:53 PM

    Tbém estou preocupada e calculo que seja uma atitude política, o desligamento das Ruínas de São João Batista da Rotas das Missões.

    Responder
    • 2. Marjorie Bier  |  27/08/2010 às 5:40 PM

      É… se formos analisar, são inúmeras as questões a serem pensadas…

      beijo

      Responder
  • 3. Fábio  |  27/08/2010 às 5:29 PM

    Minhas cada vez mais raras visitas a São Luiz,a impressão de decadência da cidade é em grande parte por um enorme número de prédios e casas antigas que são ignoradas ou em quase ruínas.É uma pena.

    Responder
    • 4. Marjorie Bier  |  27/08/2010 às 5:43 PM

      O pessoal do Caminho das Missões tem se deparado com esse tipo de situação em todo o trajeto, Fábio. O que me deixa mais chocada é que os próprios responsáveis por essas propriedades coordenam instituições ligadas a preservação do patrimônio no estado.

      No último seminário de preservação que teve em Santo Ângelo, Claudio fez perguntas muito relevantes para algumas dessas pessoas. Não obteve resposta até hoje.

      =*

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: