Salve a Casa do Caio Fernando Abreu ®

12/08/2010 at 1:00 PM 8 comentários

A querida Andrea Beheregaray, pessoa incrível que tive a felicidade de conhecer nos meus tempos de Porto Alegre, abraçou uma causa que eu não pude deixar de apoiar: salvar a casa de um dos escritores mais importantes da década de 80 e transformá-la na Casa de Cultura Caio Fernando Abreu.

Todos os apreciadores da obra desse grande escritor sabiam da sua morada no Bairro Menino Deus, na capital gaúcha. Entretanto, poucas pessoas sabem que a casa está para ser vendida e que, assim sendo, provavelmente será derrubada para virar mais um daqueles prédios de altura interminável no coração de um dos lugares mais bonitos de Porto Alegre.

As fotos da fachada e do quarto do escritor foram captados pelas lentes de Andrea que, em visita ao local em companhia de Fábio Fabrício Fabretti (escrevinhador, pesquisador e, como eu, apaixonado pelo autor), deu-se conta que não há mais nada que reverencie sua importância literária na cidade.

As peças desse extenso jogo de ligar lembranças já começaram a ser encaixadas e, para quem quiser apoiar a causa, já foi criado um blog e um endereço no Twitter.

Hoje, às 16h, Andrea estará na Rádio gaúcha para falar da campanha e fazer com que alguns olhares mais atentos voltem-se a essa questão.

Quer ajudar? Clique nos links acima e deixe sua mensagem. Pode copiar esse texto e colar nos seus blogs ou simplesmente comentar com os desligados de plantão.

Afinal, como já dizia o autor, “tente. Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe”.

Entry filed under: Carpintaria..., Gente é pra brilhar!. Tags: .

Sabor de morangos mofados Chato, é?! ®

8 Comentários Add your own

  • 1. rafaela  |  12/08/2010 às 5:28 PM

    aiii, uma visita minha garantida em poa [?]! \o/

    beijo, amora

    Responder
    • 2. Marjorie Bier  |  13/08/2010 às 12:18 PM

      Tomara que a gente consiga o necessário até lá.

      Responder
  • 3. Marininha  |  12/08/2010 às 7:21 PM

    OOO, Mar

    Essa casa não é ali pertinho de onde tu morava?

    Responder
    • 4. Marjorie Bier  |  13/08/2010 às 12:19 PM

      Sim, flor…. quase do lado.

      Beijo, beijo

      Responder
  • 5. Jefe  |  13/08/2010 às 2:57 AM

    Boa, Marjorie, grande iniciativa em repassar esse movimento, espero que renda frutos.

    Responder
    • 6. Marjorie Bier  |  13/08/2010 às 12:19 PM

      Passe adiante você também.

      Obrigada pela visita.

      beijo

      Responder
  • 7. Luciana  |  13/08/2010 às 4:11 PM

    Essa ideia é muito boa, afinal de contas, o Caio merece muito que preservem suas coisas e o imortalizem.

    Beijo!

    Responder
    • 8. Marjorie Bier  |  16/08/2010 às 12:20 PM

      Não só por isso, né Lu, mas por todo o referencial histórico, pela sua luta diária, pelos seus naufrágios e suas lutas… há muito a se mostrar e aprender.

      Beijo

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: