Nau ®

19/07/2010 at 11:41 AM 18 comentários

Você já percebeu que sempre me deixa um pouco mais louca com essas histórias de seus sonhos, com esses mergulhos em mares desconhecidos e como, de alguma forma mágica, você acaba por me vincular a cada um dos detalhes? E isso sempre acontece envolto a vozes que embalam meus pensamentos e me levam com você pelas notas tão lindamente escolhidas para que meu coração encontre em suas palavras alguma espécie de porto, de cais, de calma. Aqueles sons que vêm com a brisa e nos deixam perguntando que roteiro é esse, de que filme, de que história tão bem guardada ele saiu. E se eu contar alguma coisa entre parênteses, se esconder por entre os pontos minhas surpresas, deguste-as como aquelas delícias que a gente abandona na hora do mergulho, em alguns oceanos muito profundos, onde o vento traz e leva tanta saudade, tanta vontade desse paladar salgado que emoldura diálogos e molha as pistas que conduzem a novos encontros, indiferente da tela, indeferente das linhas, indiferente de.

Anúncios

Entry filed under: Perplexidades.

Passa Passa a diante ®

18 Comentários Add your own

  • 1. Luana  |  19/07/2010 às 1:34 PM

    Eu adorei isso! Marjorie-sereia, Marjorie-medusa, Marjorie!

    Encantadoramente inteira e mergulhada.

    Que linda!

    Responder
    • 2. Marjorie Bier  |  19/07/2010 às 3:41 PM

      Inundada, eu diria.

      Vem junto.

      Beijo

      Responder
  • 3. Marcelo Cruz  |  19/07/2010 às 2:00 PM

    Funda, bem funda… simplesmente profunda. Gosto quando você pensa bonito desse jeito sem precisar d palavras rebuscadas que muitos pseudo-poetas usam pra justificar sua insegurança.

    Você transita pelas essências com segurança e humildade, Mar… e eu admiro muito quem consegue isso.

    Responder
    • 4. Marjorie Bier  |  19/07/2010 às 3:42 PM

      Eu não sou poeta, Marcelito… talvez exatamente por não gostar de algumas linguagens. Mas gosto… e respeito… e mergulho por rimas e métricas também.

      beijo

      Responder
  • 5. Enrico  |  19/07/2010 às 2:38 PM

    Ela é do rock, ela é do bem, tem olhos lindos e escreve “bacarai”.

    ahuahuahuahauahuahuahua

    Responder
    • 6. Marjorie Bier  |  19/07/2010 às 3:43 PM

      Ah, claro… o que dizer sobre você!?

      =***

      Amo todotodo!

      Responder
  • 7. ℓυηα  |  19/07/2010 às 4:55 PM

    Mar,

    Sabe que meus assuntos com meu parzinho são tantos para o tempo (assim como o bem-querer é tanto para o coração, como os sorrisos são tantos que nem cabem todos nos lábios), que uso, literalmente, muitos parênteses para abrir um tema dentro do outro, para colocar beijos em cada vão?

    Rs

    Ele sempre responde a tudo, mas só há poucos dias usou os parênteses, como eu faço. Foi um momento daqueles que dá vontade de congelar!

    =)

    Só mergulhando fundo, mesmo, para sentir o todo…ai, ai.

    Beijos, querida! Muitos, pra ti.

    E uma margarida : http://migre.me/Yo6y

    ℓυηα

    Responder
    • 8. Marjorie Bier  |  19/07/2010 às 5:25 PM

      LUNINHA-flor, margaridas são as minha favoritas!!! Vocês me tocam de cada jeito lindo… Obrigada!!!

      (os parênteses existem para nunca-nunca serem respondidos, só sentidos desse jeito que a gente bem sabe…)

      Meu beijo.

      Responder
  • 9. Marininha  |  19/07/2010 às 6:33 PM

    Indiferente de… sempre indiferente de qualquer coisa!

    Como tu mesma diz, amor é isso.

    Responder
    • 10. Marjorie Bier  |  19/07/2010 às 6:58 PM

      Amor é tanta coisa que nem eu sei.

      Beijo, minha flor.

      Amo!

      Responder
  • 11. Clau  |  19/07/2010 às 9:00 PM

    Aie, Mar… sei bem como é isso… tô cuma saudade daquela pessoinha q tu sabe…

    Responder
    • 12. Marjorie Bier  |  19/07/2010 às 9:58 PM

      Sabia que já inventaram o telefone?!

      😉

      Beijo

      Responder
  • 13. Patricia Rodrigues  |  20/07/2010 às 6:00 AM

    Agora que já recuperei o fôlego, após ler seu texto, me veio uma citação da Ana Jácomo à cabeça [com o perdão do trocadilho]: ‘Rio e me sinto mar’.

    Sem mais.

    Como a gente costuma dizer por aqui, ‘um xêro’, flor!!!!!

    p.s:li o e-mail,vc é mesmo uma querida! 😉

    Responder
    • 14. Marjorie Bier  |  20/07/2010 às 12:28 PM

      Paty amadinha…

      Que bom você de novo aqui!

      Muitos e-mails ainda virão.

      Meu beijo

      Responder
  • 15. Duduardoo  |  20/07/2010 às 3:32 PM

    Assim… inundado, imerso, envolto (abraçado), faltou-me palavras nos dicionários da memória viva para tecer qualquer comentário.

    Então registro somente a satisfação por sair do chão a cada leitura dessas lindezas que fazes pulsar em letras.

    Beijo!

    Responder
    • 16. Marjorie Bier  |  20/07/2010 às 4:19 PM

      Lembrei daquele poema que fala de “senhor e nauta”…

      Sempre tão bom você aqui.

      Beijo

      Responder
  • 17. Mara  |  25/07/2010 às 7:27 PM

    Roubei de novo… Repito: você me vê por dentro!!
    Quando crescer quero ser igual a você!
    Amor e muita admiração!
    Bjss…

    Responder
    • 18. Marjorie Bier  |  26/07/2010 às 1:30 AM

      Amo, amo, amo!!!

      beijo

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: