Depois da porta ®

10/07/2010 at 5:11 PM 8 comentários

Quando você fechar a porta, seja gentil e não olhe para trás. Sequer olhe para mim. Não quero ver seu rosto enquanto engulo o desgosto preso e seco em minha garganta. Não olhe. E se o fizer, esteja preparada para ser atingida por essa raiva que há, pelos estilhaços, pelas palavras que algum “boa gente” guardou para a ocasião. Leve no bolso um lenço, um trapo, qualquer coisa capaz de limpar essa sua cara escarrada, insosa, coberta pelas mentiras que o amor exigia enquanto nem o sexo bastava. Vá. Não seja ridícula. Não diga nada e nem olhe para trás. Sua voz já não me soa boa, enjoa, engula. Não quero ouví-la ao metralhar suas queixas, suas indelicadas lamúrias, seu timbre falho ao me ver te jogar na rua. Vá, quero fechar a porta. Já não importa o depois.

Livremente adaptado do post do Edu Ferreira

Entry filed under: Gente é pra brilhar!, Perplexidades. Tags: .

Palavras apenas ® Boreais ®

8 Comentários Add your own

  • 1. Eduardo  |  10/07/2010 às 6:35 PM

    Bonito, tocante, mas, ah!… Eu devo ser sonhador demais. Lembrei de Nei Lisboa:
    “Não vai ter graça o dia
    Em que bater na porta
    E você não abrir pra responder”

    Responder
    • 2. Marjorie Bier  |  10/07/2010 às 6:47 PM

      Aaaahhh… eu também adoro Nei Lisboa… mas são situações diferentes, né?!

      Beijinho… obrigada pela visita.

      Responder
  • 3. Eduardo  |  10/07/2010 às 6:57 PM

    Sim, claro que são situações diferentes, às vezes acontece de o silêncio e a ausência serem justamente o que precisamos para podermos seguir em frente depois. Mas acontece que eu sonho, viajo, saboreio as palavras (no céu da boca…?) e uma coisa me lembra outra. Essas palavras têm poder, não?
    Abraços, guria…

    Responder
    • 4. Marjorie Bier  |  10/07/2010 às 6:58 PM

      Mais um romântico… bem vindo ao clube!!!

      Beijo

      Responder
  • 5. Talita Prates  |  10/07/2010 às 7:43 PM

    ah que eu ADOREI!

    amo!

    Talita

    Responder
    • 6. Marjorie Bier  |  10/07/2010 às 7:50 PM

      Algumas coisas chegam e batem, né!?

      Beijo, lindeza.

      Amo muito e sempre!

      Responder
  • 7. Duduardoo  |  12/07/2010 às 3:53 PM

    Passando agradecer a releitura…

    rsrsrsrs

    Adorei!

    (Suspeito não?)

    Obrigado pelas leituras e por seus olhos e comentários naquilo que escrevo.

    Para alguns são só palavras, mas nós sabemos o quanto elas são importantes em nossas vidas.

    Bjo

    Responder
    • 8. Marjorie Bier  |  12/07/2010 às 3:56 PM

      Que-ri-do!

      Obrigada você por me permitir colocar os olhos no intangível.

      Beijo

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: