Rápido exercício sobre um domingo qualquer ®

30/03/2010 at 12:18 PM 22 comentários

Você é tão carinhoso. Que sorte a minha. Enquanto você desfrutava da companhia das suas pessoas, eu dormia mesmo. Domingo de manhã foi um túmulo de luz e barulhos. Nem um pio se ouvia. Só acordei perto de uma da tarde com a licença expressa da Adélia em meus ouvidos. Levantei com fome de banana, queijo, pão e café. Mas não um café qualquer, aquele só meu que me faz imaginar suas matinais. E eu estava ávida por sol, por água, por tintas. Fui pintar à beira da piscina – estava seca – e respirar um pouco da umidade do ar. Tirei umas peças de roupa para mergulhar no ar mesmo, e girar, rodopiar, correr em círculos e oitos e cores. Senti a hora em que você mandou o beijo. Um beijo. Eu estava escrevendo sobre a espera.

Um beijo por minuto enquanto durar sua demora.

Anúncios

Entry filed under: Perplexidades.

Marjorie no país dos sonhos ® A vitória do ogro ®

22 Comentários Add your own

  • 1. Clara Morais  |  30/03/2010 às 12:43 PM

    Bossa até escrevendo sobre uma situação qualquer. Acho lindo!

    Bjos, flor

    Responder
    • 2. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 1:30 PM

      Escrevendo sobre NADA, você quer dizer…

      hahahahahahahaha

      Adoooro!

      beijos

      Responder
  • 3. Eduardo VIeira  |  30/03/2010 às 1:09 PM

    Um beijo por minuto pra vc tb.

    😉

    Responder
    • 4. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 1:31 PM

      Amarelindo da minha vida!

      =***

      Responder
  • 5. Marininha  |  30/03/2010 às 1:50 PM

    Faz tanto tempo q eu não pinto. Será q eu ainda sei?

    Encontrei umas telas do Leo. Lembra as viagens dele? Meu, tri bom!

    bjux

    Responder
    • 6. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 2:52 PM

      É como andar de bicileta, Marina…

      Lembro, sim… ele me mandou uma esses tempos. Depois que foi pros States estudar, ele ficou mais ninja do que antes. Espia os álbuns dele no Flickr. Se aprecias a arte fovista (em questão de cores), vais gostar.

      beijos

      Responder
  • 7. Enrico  |  30/03/2010 às 2:27 PM

    Adélia e sua licença para dormir horas a fio ou a licença a Bandeira?

    Tô chegando, neguinha.

    Responder
    • 8. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 2:50 PM

      OOO, guri afiado!!!

      As horas a fio… faz mais sentido com o texto, né?!

      Beijos, amado. Saudade.

      Responder
  • 9. Clau  |  30/03/2010 às 5:23 PM

    Hj eu tô com pregui de ser mara!

    ahuahuahuahuahuahuahuahu

    Qdo vem pra k, loka véia?!

    Responder
    • 10. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 6:00 PM

      Se eu tiver férias em maio, certamente irei.

      Besos

      Responder
  • 11. Rafel Dreweck  |  30/03/2010 às 5:57 PM

    Juste parce que je m’ennuyais (et parce que je voulais vous envoyer un baiser)

    😉

    Responder
    • 12. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 5:59 PM

      😉

      Je t’aime plus à chaque fois que tu me fais sourire, je l’espère.

      Trouvez-vous la vie.

      Responder
  • 13. ℓυηα  |  30/03/2010 às 7:37 PM

    *Lagriminhas, aqui”

    1 beijo por minuto x tempo indeterminado (no meu caso) = beijos ∞

    Derreti.

    =**

    ℓυηα

    Responder
    • 14. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 7:51 PM

      OOOOwwww, lindeza… beijos infinitos são bons… daqui a pouco a espera acaba, acredite!

      beijossauros

      Responder
  • 15. Ricardo Valente  |  30/03/2010 às 9:49 PM

    Tão bom estar feliz (falando em café só teu, hj no super achei um arroz esquisito, preto, em caixinha, concentrado, 250g. Não sei se é bom. Sabe aquele selvagem? Gosto bastante, só que 250g tá quase 20 pila. Esse, de hj, foi 5 e pouco). Qdo. se tem oportunidade é bom variar os semelhantes.
    Guria, beijão e abraço forte!

    Responder
    • 16. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 10:54 PM

      Um abraço apertado. Um pulo alto.

      E agora um beijo.

      Responder
  • 17. Iago de Morais  |  30/03/2010 às 11:30 PM

    Marjorie,
    que bom saber que você está de volta – e por perto :*

    Responder
    • 18. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 11:55 PM

      Querido… fazia tempo que não te via aqui…

      Beijo

      Responder
  • 19. Bruno Lopes  |  30/03/2010 às 11:50 PM

    Sonhar não é tão simples quanto parece…
    Ao contrário, pode ser uma atividade perigosa…
    Quando queremos algo, colocamos em marcha energias poderosas e não conseguimos mais esconder de nós mesmos o verdadeiro sentido da vida.
    Quando queremos algo, fazemos a escolha de um preço a pagar.
    Seguir um sonho tem um preço.
    Pode exigir que a gente abra mão de velhos hábitos, pode nos fazer passar dificuldades, desânimos, decepções.
    Porém, por mais alto que seja esse preço, nunca será tão grande quanto aquele pago por quem nunca se arriscou…
    Porque esses, um dia, vão olhar para trás, ver tudo o que não fizeram e escutar o próprio coração dizer: desperdicei a minha vida?
    Essa é uma das piores constatações que alguém pode fazer.
    E aí, será tarde demais.

    Responder
    • 20. Marjorie Bier  |  30/03/2010 às 11:54 PM

      BEM VINDO!!!!

      Responder
  • 21. Roberto  |  31/03/2010 às 12:48 AM

    Pintar na piscina (seca) e respirar a umidade do ar. Esc=vaziar-se de si para depois encher-se de si, renovada.

    Responder
    • 22. Marjorie Bier  |  31/03/2010 às 1:02 AM

      Roberto e suas leituras precisas… sou fã!

      beijo

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: