Mero exercício V ®

24/03/2010 at 2:01 PM 22 comentários

Fui, também, para a rede antes de dormir. Fiquei lá, de um lado para o outro, só para sentir o mesmo balanço que você. O céu estava nublado. Fiquei lendo e curtindo algumas lembranças enquanto Teresa Salgueiro penava seus fados bem baixinho na tevê.  Quando voltei a olhar para cima, nenhum vestígio de chuva, nenhuma nuvem, apenas uma tímida estrela deliciada no abandono do arranha-céu.

Aqui onde eu moro, não é preciso muito para supor que uma única estrela perdida seja um imenso e vivo céu estrelado. Não é nada disso. A vida que acredito e busco ultrapassa as fronteiras escuras que testemunham a solidão dessas tristes paisagens urbanas. E dormem, medrosas e abraçadas, nos escombros do rescaldo ou numa nota distante do a bao a qu.

Entry filed under: Perplexidades. Tags: .

Beijoquices ® Clique e ouça ®

22 Comentários Add your own

  • 1. Clara Morais  |  24/03/2010 às 2:50 PM

    Teresa Salgueir me deixa tão triste… como esse teu exercício da busca incessante pela vida em tudo.

    Bjos

    Responder
    • 2. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 3:45 PM

      Credo!!! hahahahaha

      Foi um exercício apenas de palavras, sem a menor intenção depressiva,

      Besos

      Responder
  • 3. Marininha  |  24/03/2010 às 3:02 PM

    Ai, Marjoreeeeeeeeeeeeeeeee!!!!

    É pra se matar????

    Responder
    • 4. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 3:46 PM

      Até tu, Marina?!

      Tô falando de céu, estrelas, vida… ok… a busca por isso, mas nada pra se matar, ok!?

      Beijos

      Responder
  • 5. Eduardo Vieira  |  24/03/2010 às 3:55 PM

    Vai jogar vôlei hoje? Esqueci o horário e o local.

    Me avisa?

    Responder
    • 6. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 4:18 PM

      Aviso!

      Verzéri, 21h.

      Vou dar uma volta de bike antes. Vamos?

      Besos

      Responder
  • 7. Enrico  |  24/03/2010 às 4:12 PM

    Essa foi certeira. Bem no meio do estômago.

    Doeu!

    Responder
    • 8. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 4:19 PM

      Isso já é complô, né!?

      =)))

      Bando de doido!

      Responder
  • 9. Luana  |  24/03/2010 às 5:19 PM

    “…uma tímida estrela deliciada no abandono do arranha-céu.”

    Que linda viagem para dentro de si.

    Beijo, minha linda. Que saudade.

    Responder
    • 10. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 5:27 PM

      Gentes… foi só uma brincadeira de juntar palavras…

      =)))))

      Responder
  • 11. ℓυηα  |  24/03/2010 às 6:32 PM

    Eu olho agora, pela minha janela, e vejo o céu cinza, quase pronto pra chorar.

    Respondo sorrindo, claro. =)

    Beijo, Dona Palavreadeira.

    Rs

    ℓυηα

    Responder
    • 12. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 6:55 PM

      Ooo, menina querida…

      cada passadela por aqui é um pouquinho de poesia que sai.

      Morro de achar linda!!!!

      Beijos

      Responder
  • 13. Rafael Dreweck  |  24/03/2010 às 6:42 PM

    A vida q eu acredito tb ultrapassa e fica feliz qdo ouve a bao a qu.

    Saudade d vc sorrindo preguiçosa.

    Responder
    • 14. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 7:00 PM

      saudade de tanta coisa… quer ver só? Gostava quando você passava na minha casa com capuccino antes de trabalhar, quando ficava mandando poeminhas pelo celular, quando comprava bala-chiclete pra mim, quando procurava toddy de banana pra gente tomar, quando não se importava por eu sempre chorar em filme de terror, quando ía comigo no trem fantasma sabendo que eu não ía abrir os olhos, quando amarrava meu all star, quando me abraçava sem eu pedir… até o dia que você entrou num avião e me deixou aqui, a ver navios.

      Mas eu gosto muito-muito mesmo de você.

      Responder
      • 15. Rafael Dreweck  |  24/03/2010 às 7:02 PM

        Dramática?

        NUNCA!

        hahahahahahahahahahahaha

        (meu mestrado acaba em setembro e eu vou até aí te dar uns apertos)

      • 16. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 7:03 PM

        Ra ra ra… Toulouse é aqui do lado?!

        =))))

        Loviu, hon.

  • 17. Miss  |  24/03/2010 às 8:14 PM

    Nada mais bonito que um céu estrelado…

    Florzinha, passando pra te deixar um grande beijo!

    Adoro!

    Responder
    • 18. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 8:19 PM

      OOO, coisa boa!!!

      Beijinho, lindona!

      Responder
  • 19. Talita Prates  |  24/03/2010 às 9:50 PM

    Minha flor-Linda,
    ando com tanta saudade
    de você,
    de te ler
    de te rir com vc…

    Desculpe-me a ausência:
    forças maiores.

    Amo-te,

    bjo-te,

    Tatá.

    PS: LINDOOOO texto – mas isso nem é novidade.😉

    Responder
    • 20. Marjorie Bier  |  24/03/2010 às 9:55 PM

      Que não seja preciso nenhum exorcismo… =)))

      Amo-te e espero-te para as risadas e as lágrimas e tudo o mais que o universo nos reserva.

      Saravá, amizade. O abraço é maior depois da saudade.

      =*

      Responder
  • 21. Adriana  |  26/03/2010 às 4:38 AM

    tenho uma nega chamada tereza wow….
    terezinha de jesus…
    tantas terezas belezas surpresas…
    amei sua tereza
    é a natureza…
    abraços na realeza!

    Responder
    • 22. Marjorie Bier  |  26/03/2010 às 1:16 PM

      Rimando, mas sem sair do tom.

      besos

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: