Amor é isso ®

18/03/2010 at 12:28 PM 28 comentários

, você acaba de dizer e você já tinha dito e não foi da vez em que eu blefei aquela vez quem  falou fui eu você já tinha dito muito antes várias vezes eu sei eu disse mas ainda não disse eu posso escrever mas eu quero falar tenho várias plantinhas de euteamo em meu jardim que você rega tão carinhosamente todos os dias eu já segurei muitas vezes essas palavras muitas vezes que você nem conseguiria imaginar algo deve ter saído com significado parecido mas sempre tentei disfarçar agora eu vou pedir para você fechar os olhos e abrir a boca para eu dizer tudo o que eu sei e o que eu não sei mas sinto de forma descontrolada pode ser que eu engasgue pode ser que eu gagueje mas já não posso mais segurar eu queria tanto dizer eu te amo eu digo muito mesmo e nunca é ou foi banal quando eu começo o eu é muito quando eu termino o mo é mais é uma delícia amar na respiração entre as palavras e eu escrevo agora que eu te amo e você vai saber e vai ser como o seu paladar o seu cheiro a sua doçura entre as mãos e isso é um beijo na boca um abraço apertado carinhos eu te amo,

Anúncios

Entry filed under: Perplexidades.

Close to me ® Bienvenue ®

28 Comentários Add your own

  • 1. rafaela  |  18/03/2010 às 12:59 PM

    adoooro esse atropelamento de afetos e sentidos!

    =)

    Responder
    • 2. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 1:01 PM

      Tão bom perder o ar, o sentido, ficar assim, bobo, querendo dizer tudo sem conseguir dizer nada…

      =))))

      Responder
  • 3. Luana  |  18/03/2010 às 1:03 PM

    Também gosto muito desse jeito afoito e desordenado que nos deixa o amor.

    Viu que sobraram umas vírgulas?

    Responder
    • 4. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 1:15 PM

      Não sobraram. Estão propositalmente posicionadas. É um recurso bem Clariceano. Sugere, nesse caso, a construção até chegar a esse sentimento e o zelo depois de manifestado.

      Gosto de escrever assim.

      Responder
  • 5.  |  18/03/2010 às 2:12 PM

    Uau! Que fôlogo em Mar?!
    =*

    Responder
    • 6. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 2:24 PM

      O fôlego tá louco de bão, só falta o amor.

      hahahahahahahaha

      Responder
  • 7. Claudinha  |  18/03/2010 às 2:19 PM

    Me mata, mas eu lembrei d uma lambada

    EU QUERIA SER UMA ABELHA PRA POUSAR NA SUA FLOORR
    HAJA AMOOOR, HAJA AMOOORR…

    poakpoakpoakpoak

    Responder
    • 8. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 2:24 PM

      Credo, Cláudia!!!

      Nem eu pude com essa… hahahahahahahahaha

      Responder
  • 9. Marcelo Cruz  |  18/03/2010 às 2:31 PM

    Marjorie, vc brinca com a gramática de forma primorosa.

    Eu jamais teria me tocado sobre esse lance das vírgulas. Genial.

    Responder
    • 10. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 2:35 PM

      Coisas que eu aprendi com Mrs. Haia…

      Beijo, Marcelito

      Responder
  • 11. Marininha  |  18/03/2010 às 2:59 PM

    Ai… q vontade d me apaixonar…

    bjuxxx

    Responder
    • 12. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 3:28 PM

      Se dependesse só disso, né?!

      Beijos

      Responder
  • 13. Eduardo Vieira  |  18/03/2010 às 3:50 PM

    Amor é urgência.

    Responder
    • 14. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 4:03 PM

      Inclusive!

      Antes, porém, desatino.

      =*

      Responder
  • 15. Enrico  |  18/03/2010 às 4:41 PM

    Eu, como vc diz, vivendo uma breve pausa entre um amor e outro.

    (segui tuas pistas sobre a cidade. obrigado)

    Responder
    • 16. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 5:19 PM

      Também estou vivendo a pausa. Tem seu valor.

      (continue… tenho adorado tuas fotos na caixa postal. Recebi o postal hoje.)

      Responder
  • 17. Roberto  |  18/03/2010 às 5:46 PM

    Interessant’issima a forma como foi apresentada o texto deixando o leitor optar pelo lugar que mais convém usar a pontuação para que faça a interpretação e d^o sentido que sua imaginação quiser e posso dizer não sobre o amor mas sobre a construção que foi subli-Mar

    Responder
    • 18. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 6:27 PM

      E o que não é quando o assunto é amor?!

      Entrelinhas, estrelatos, inquietas borboletinhas no estômago. Tato.

      😉

      Responder
  • 19. ℓυηα  |  18/03/2010 às 6:20 PM

    Nossa! Perdi o fôlego, duplamente. =)

    Guria danada, essa…rs

    Beijo, beijo.

    ℓυηα

    Responder
    • 20. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 6:31 PM

      Se eu tivesse mais fôlego, assoviava alguma coisa bem bonita só pra gente silenciar e sorrir.

      Beijo

      Responder
  • 21. Rafael Dreweck  |  18/03/2010 às 7:33 PM

    pq qdo vc fala de amor toda uma casa fica em silêncio para escutar e eu fico pensando em como esse tempo q não te vejo tem te transformado nessa mulher q mergulha nos sentimentos nas coisas q já sofreu e abdicou por amor naqueles outros amores q se perderam nos q sequer aconteceram e ainda assim continua acreditando com a firmeza e a certeza q eu acho q perdi

    Sem vírgulas pq é um pensamento solto, mas tb sem pausa pra respirar

    Responder
    • 22. Marjorie Bier  |  18/03/2010 às 7:49 PM

      OOO, Manoelito (fazia tempo que não te chamava assim, né?!)…

      Eu sou romântica. Não a última e, muito menos, a primeira. Já me estabaquei 875572067 vezes, fiz loucuras, declarações absurdas, chorei, enfiei os pés pelas mãos, amei errado a pessoa certa para determinado momento e até casei !!! Não há arrependimento na tentativa, mas no que não foi dito, no que ficou por ser esclarecido e nunca foi.

      Não tenho a espectativa de ser salva e nem transfiro a responsabilidade da MINHA felicidade para outra pessoa. Entretanto, andar de mãos dadas é bom. Beijar na boca é melhor ainda. A liberdade é o que sempre acaba nos prendendo.

      “I´ll find my treasure until I die.” E tu?

      Basiers

      Responder
  • 23. Adriana  |  18/03/2010 às 10:46 PM

    Menina!
    Isso mesmo, beijos e abraços sem início ou fim…
    FABULOSO!
    (posso ler isso em voz alta na festa de 65 anos do meu pai hoje à noite?)
    Abraço D’Além Mar!

    Responder
  • 24. Marjorie Bier  |  19/03/2010 às 2:20 AM

    DEVE!

    Que honra…

    Beijos

    Responder
  • 25. Lathife  |  19/03/2010 às 2:36 AM

    Quero muitas plantinhas dessas… bjs :*

    Responder
    • 26. Marjorie Bier  |  19/03/2010 às 2:46 AM

      Pode roubar do meu jardim!!!!

      =***

      Responder
  • 27. Mari  |  21/03/2010 às 3:26 PM

    Adoro verborreia de nervoso apaixonado. HAHA

    Responder
    • 28. Marjorie Bier  |  21/03/2010 às 4:17 PM

      Prosa verborrágica é um dos meus fortes!

      =*

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: