Abraçando Galeano ®

01/12/2009 at 11:31 AM 13 comentários

Helena encontrou um par de trevos entre as folhas do seu livro de estimação. Aflita, não sabia que resquício era aquele tão vazio de recordação. Do outro lado da cidade, José Luís colhia flores. Recolhia vestígios de insetos e os guardava entre volumes antigos no sebo da sua irmã. A irmã sabia. Comungava com José Luís a surpresa premeditada e a verdade nunca vista. Helena colecionava espantos. Carregava, entre braços e olhos, os sinais de sua vida já cansada.  E temia os códigos e abandonava os rastros e se despia da coragem que em vida lhe foi dada. José Luís colhia pausas. A irmã, cúmplice silenciosa, plantava as vogais por Helena abraçadas.

Entry filed under: Perplexidades. Tags: .

Da escassez ® Gorjeta ®

13 Comentários Add your own

  • 1. Ivan  |  01/12/2009 às 11:36 AM

    E isso você escreve assim na sua manhã com preguiça, quando você não está?:-/

    Beijoca.

    Ivan.

    Responder
    • 2. marjoriebier  |  01/12/2009 às 11:37 AM

      rsrsrsrs… Engraçadinho!

      Eduardo Galeano merece respostas dignas… inclusive nos meus vácuos matinais.

      Beijooosss

      Responder
  • 3. Rafael Dreweck  |  01/12/2009 às 11:59 AM

    OOOOOO mulher afiada!!!

    (ficou mesmo a cara dos mini contos do Galeano!!!!)

    Tá poderosa na palavra, Marzinha!

    Responder
    • 4. marjoriebier  |  01/12/2009 às 1:24 PM

      hahahahahahahaha… Galeano é que é poderoso, cherrie!

      Ele fala em crime perfeito… eu, em amores.

      Beijo

      Responder
  • 5. Marininha  |  01/12/2009 às 12:40 PM

    Maggie B. transcendendo muros e portas e janelas… so nice!

    Responder
    • 6. marjoriebier  |  01/12/2009 às 1:25 PM

      Abra as cortinas, benzinho.

      O mundo inteiro passa nessa rua aqui em frente…

      =*

      Responder
  • 7. Luana  |  01/12/2009 às 4:10 PM

    Marjorie e seus olhares sobre as pequenas coisas da vida…

    “Se cair uma bomba no outro lado do mundo, não ignore. De alguma forma você está envolvido.”

    Responder
    • 8. marjoriebier  |  01/12/2009 às 4:51 PM

      Pequenas epifanias, Lu…

      Responder
  • 9. Rafaela  |  01/12/2009 às 5:58 PM

    … por Helena abraçadas.
    to be continued
    > E a sua fantasia jorrava substancialmente no horizonte, com todas as cores do arco-íris, da cor das suas mãos dos seus cabelos dos seus olhos dos seus pensamentos do seu coração…

    ok, viajei! haha
    [cismei com coração…]
    contento-me com marj! ^_^

    mas vou querer galeano tb! *-*
    rsrs

    beso

    Responder
    • 10. marjoriebier  |  01/12/2009 às 6:09 PM

      Beibi, beibi… viajar é preciso!

      rsrsrs…

      beijo (e um abraço de Galeano)

      Responder
  • 11. Régis Antônio Coimbra  |  05/12/2009 às 3:28 PM

    O mais abjeto abraço é o que, na presença do outro, damos ou recebemos apenas “da boca para fora”.

    Um abraço! abração!

    Tão menos que abraços…

    Não se abrace desse modo abstrato ou mesmo abjeto o mundo ou sequer a América Latina. Abracemos um ao outro com o sincero carinho que, mesmo não sendo erótico, só se realiza plenamente com o engajamento físico dos corpos e sensibilidades.

    Responder
  • 12. paginas aleatorias  |  11/01/2010 às 9:02 PM

    Belo texto! Amores e romances sempra atraem-me.. [por isso escrevo sobre tais oo’]
    Ps: Ótimos textos, procurarei checar teu blog sempre que puder!

    Responder
    • 13. marjoriebier  |  11/01/2010 às 9:44 PM

      Obrigada… tua visita me deixou muito feliz.

      beijo

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: