Ébrios ditos de Piedad e Carmensita ®

06/09/2009 at 4:13 PM 9 comentários

I.
Saudade tem nome de gente
Me sente
Te sente em mim

II.
Te sonho
Me sonho
Na noite
Que não é minha

Te vinha
Caminha

Minha tinta na tua
Escarlate daninha

III.
Calçada
Sem calça
Descalça de textos
Sem roupa
Na cama
Vestida de beijos

IV.
E Deus disse:
Bebam!
Bebam muito para afogar as mágoas!

De náufragos o céu está cheio
Quero gente que saiba nadar

Anúncios

Entry filed under: Perplexidades.

Eu vejo flores em você ® Ela te ama ®

9 Comentários Add your own

  • 1. Enrico  |  06/09/2009 às 4:41 PM

    Essa de Deus está ótima!!! Ditos de Marjorie Bier… tu é qual das duas mexicanas?

    Responder
  • 2. Rafael Dreweck  |  06/09/2009 às 5:24 PM

    ahuahuahuahu.. também acho que esse de Deus é mais a tua cara. Foram feitos a 4 mãos ou cada uma fez um?

    Responder
  • 3. Rafaela  |  06/09/2009 às 7:17 PM

    porra, esse final foi tudo!!
    valeu… q bom gole neste domingo chuvoso.

    besos

    Responder
  • 4. Régis Antônio Coimbra  |  06/09/2009 às 7:20 PM

    Filhas de Lot
    bai RégisAC

    Os civilizados vinho e pão
    não substituem teu sangue e carne
    cujo calor e umidade sinto
    em túmidos beijos e conjunções
    por entre teus amados lábios faciais
    e pévicos

    Em tuas lácteas fontes retrocedo em parte
    ao fascínio de quando outros me eram tudo:
    fonte de alimento, calor, conforto e consolo

    Especula-se que simulam nádegas
    as quais, como as mãos
    seriam das mais característcas características
    de nossa ereta humanidade

    Ah… sim, traz-me o vinho para afogarmos
    nem tanto as mágoas, tão queridas
    mas esses verbetes (impertinentes?)
    da wiki e do Discovery Channel

    Como eu ia dizendo… ahmn…
    Venha a mim a fonte das criancinhas

    Enquanto (sim… outro verbete)
    o vinho me reduz os freios
    e te testosterona os ímpetos
    pensamos buscar, inconsequentes,
    o fugidio prazer

    Que nos encarcera em luxuosas prisões
    chamadas de matrimônio, patrimônio
    e prole…

    Traz mais vinho
    e viagra…
    antes que me também transtorne em sal

    Responder
  • 5. marjoriebier  |  07/09/2009 às 3:41 AM

    Soy Piedad, corazon… O pilequinho foi conjunto!

    Responder
  • 6. Bier  |  07/09/2009 às 4:26 PM

    (Se é pra ir no erótico…)

    DIAGONAIS

    Quando me apaixono
    Fico eterno

    A insensatez se cobre
    De razão

    O vexame oferece flores
    Ao ridículo

    A mentira é convertida
    Em promessa

    A morte em cada orgasmo
    Me ressuscita

    Responder
  • 7. marjoriebier  |  07/09/2009 às 4:28 PM

    Coisa boa gente inspirada passeando por aqui!!!

    Responder
  • 8. rubens  |  07/09/2009 às 9:17 PM

    Obrigado pela visita ao casa de paragens, e pelo texto no comentário.

    eu, assim com deus, também prefiro os que sabem nadar 🙂
    abraços
    Rubens

    Responder
  • 9. Ricardo Valente  |  10/09/2009 às 1:37 AM

    muito bom (não gosto de gente prolixa… hahaha)

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: