Vício ®

26/08/2009 at 12:55 PM 10 comentários

É como bêbada que atravesso os dias

e por instinto sigo a vida outorgada

.

Reações previsíveis aos outros

naufragam em  minhas definições disfarçadas

.

Já não me pertenço

a verdade em mim é um satélite silenciado

.

Minha travessia, ácida

entorpece conexões telepáticas

.

Consumir-se é vício

legalizem-me já!

Livre adaptação do poema de Martha Medeiros

Entry filed under: Perplexidades. Tags: .

Deliciosa licença poética ® Desperate Bloggers ®

10 Comentários Add your own

  • 1. Rafaela  |  26/08/2009 às 1:41 PM

    muito bom, como sempre!🙂
    às vezes, é bem mesmo assim q levamos a vida, sem nem notar. bom parar pra pensar…

    pra compartilhar, um haikai recente e instantâneo:

    No quintal, pintei estrelas
    Com âmbar de madrugada.
    De manhã choveu: mais nada!

    besos!

    Responder
  • 2. Rafael  |  26/08/2009 às 1:54 PM

    Eu sou viciado no teu blog!

    Responder
  • 3. Marininha  |  26/08/2009 às 2:05 PM

    Eu sou viciado no teu blog!²

    Responder
  • 4. fulviodetoni  |  26/08/2009 às 3:46 PM

    eu te legalizzzzzo…rs

    Responder
  • 5. Marcelo Cruz  |  26/08/2009 às 6:02 PM

    “A verdade em mim é um satélite silenciado”

    Caramba!

    Responder
  • 6. Enrico  |  26/08/2009 às 7:52 PM

    Legalize já!!!!

    Responder
  • 7. Guilherme Maron  |  27/08/2009 às 12:04 PM

    “Suxpou dorgas /”

    Responder
  • 8. Clara Morais  |  27/08/2009 às 11:05 PM

    “Legalizem-me já!” Muito bom!

    Responder
  • 9. Régis Antônio Coimbra  |  03/09/2009 às 10:59 PM

    Virtude tem limite

    bai RegisAC

    Qual abstêmio varo as noites
    seguindo um plano rigoroso
    onde prevejo tudo e todos
    tão e muito previsíveis tolos

    Obedeço-me e à minha razão
    a qual me ultrapassa
    da mera subjetividade
    para a boa vontade pura

    Ao menos até que te em parte vejo
    outro tanto sonho, devaneio ou deliro
    dominado pela paixão que me é
    tão ou mais minha que a razão…

    …ou ao menos assim racionalizo

    Responder
  • 10. marjoriebier  |  03/09/2009 às 11:08 PM

    Gosto da tua poesia passeando por aqui…

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: