Presente de um homem que eu ainda não amei*

06/08/2009 at 2:02 PM 5 comentários

Quando quis te amar, amei
Bem além da gramática.
Se eu fosse teórico,
traria perguntas que não sei.
Mas o que isso muda, na vida prática?
É retórico e burro
mas está de parabéns, aquele
que aposta na palavra – no anel –
e nas respostas que não tem.
Somos dos devidos matrimônios
sem sim, sem padre, com fé.
Sem palavras, com distância –
e isso é o demônio,
muito embora, em dada hora,
eu pudesse percorrer a pé.
Mais um dia, agora, é findo.
Se eu fosse prático,
traria o presente que ganhei,
quando, atarantado, te vi sorrindo.

– Leandro Iamin –

*Mas pretendo! O Bill… meu norte nesses dias desorientados.
Anúncios

Entry filed under: Gente é pra brilhar!, Perplexidades.

Refém ® Pai artista

5 Comentários Add your own

  • 1. Marininha  |  06/08/2009 às 2:55 PM

    Nada como uma amiga apaixonada… ou em fase de apaixonamento… ou um cara de sorte soletrando essa mulher. Vai saber!!!!

    Responder
  • 2. marjoriebier  |  06/08/2009 às 5:26 PM

    Apaixonando… apaixonante. A pessoa de sorte sou eu! rsrsrsrs…

    Responder
  • 3. Guilherme Maron  |  07/08/2009 às 5:26 PM

    Marjy in S2 !?!

    Responder
  • 4. marjoriebier  |  07/08/2009 às 7:38 PM

    rsrsrsrs… trully yours, Gui!!!!

    Responder
  • 5. Farlei  |  18/08/2009 às 11:51 PM

    Forte esse hein ? Muito bom !!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: