Só pra constar ®

03/05/2009 at 2:18 PM 2 comentários

leio Neruda, Borges, Caio

viro água quando ouço Carpinejar

sonho com um amor tipo o de Adélia

e planto as flores de Cecília no meio do sem-fim

das dores de Florbela fiz um castelo

onde guardo sonhos desfeitos

e álcool forte que Clarice descreveu

Entry filed under: Perplexidades. Tags: .

Papinho* ® Vista panorâmica ®

2 Comentários Add your own

  • 1. Enrico  |  03/05/2009 às 5:18 PM

    … e também lê com tom de solenidade Baudelaire, cita A Hora da Estrela quando quer falar de amor e ainda quer acordar ouvindo um soneto do Vinícius. Linda!

    Responder
  • 2. Bolívar  |  03/05/2009 às 10:14 PM

    Linda
    Q equilíbrio!!! PSD mineiro!!! 4 x 4…
    Com todo esse equilíbrio, deves dançar bem. Vi a Eliana dançando com o meu amigo Massa, numa foto, e pensei em dançar.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: