Je ne sais pas ®

20/04/2009 at 2:59 PM 4 comentários

A pergunta mais cruel que poderia me ser feita numa manhã fria de segunda-feira chegou camuflada num doce sotaque francês: Où était-ce mal?

A frase veio certeira como um soco no estômago, botando meus pés delirantes no chão e me fazendo ver que a realidade é bem mais dura do que as cores vivas e as pinceladas curtas que seguidamente dou em minhas telas digitais.

“O que deu errado?”

E eu adoraria falar por horas a fio sobre os acertos da vida, mas a verdade é que há erro demais perseguindo e assombrando corações como o meu, que erram vez atrás de vez pela pura vontade de acertar.

Errei quando não disse que amava. Continuo errando, dessa vez, ao dizer que amo um homem que não sabe ser amado e me faz doer quando se demora em sua vida solitária.

Errei quando abandonei sonhos e lutas por um amor made in Taiwan. Ainda erro quando escolho pessoas com prazo de validade vencida e com pouca durabilidade em porta-retratos.

Errei ao correr pro exterior em busca de sonhos que esqueci em um museu inglês.  Caio nas mesmas armadilhas quando fujo de mim e me revisto em aeroportos nacionais na hora do check-in.

Errei quando fechei os olhos, errei quando estendi a mão, errei quando desabotoei a flor do cabelo naquela outra estação…

“Où était-ce mal?”

Je ne sais pas, mon cœur. Nasci errada, com pressa, sou PhD em vacilos, mas com imensa vontade de acertar!

Entry filed under: Perplexidades. Tags: .

Barbas de Molho ® Respiração ®

4 Comentários Add your own

  • 1. Paulinho  |  20/04/2009 às 4:39 PM

    me diz pq vc sempre me traduz em tão poucos mas certeiras palavras?

    Responder
  • 2. Farlei- O que ouve Wando haha  |  20/04/2009 às 9:34 PM

    “… mas com imensa vontade de acertar….” É aí que está a graça da vida, eu acredito. Você nunca se acomoda, sempre em busca de algo novo, errando acertando..errando mais é claro, mas a grande e a principal diferença de tudo isso é que você tentou e sempre irá tentar ! ótimo texto , gostei muito ! Beijo

    Responder
  • 3. Dezza  |  22/04/2009 às 1:06 AM

    Essa é a sua ou a minha história?
    rs, pq a minha já sabes, e a sua eu to vendo em mim naquela outra estação…

    Responder
  • 4. Rafaela  |  20/08/2009 às 8:35 PM

    sabe: é mister q vc seja bem grata a esses ‘carinhas’ q renderam tantos bons posts… rs

    =)

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sigam-me os bons!


%d blogueiros gostam disto: